3 DIETAS DA MODA E SEU EFEITO SOBRE OS RINS

Nos últimos meses, tem-se falado muito sobre saúde e bem-estar. Sempre que a saúde e a perda de peso se tornam uma prioridade, o mesmo ocorre com várias dietas e planos de nutrição. Embora muitas dessas dietas afirmem ser baseadas na ciência e anunciar vários benefícios à saúde, é sempre recomendável que você fale com seu médico antes de iniciar uma nova dieta, especialmente se você tiver doença renal.

Muitas dietas da moda limitam a ingestão de nutrientes e podem acabar sendo prejudiciais à saúde e, em alguns casos, perigosas. Para ajudá-lo a se manter saudável e informado, analisamos algumas das dietas da moda mais comuns e seus efeitos sobre os rins.

Dieta Dukan

A Dieta Dukan é uma dieta com baixo teor de carboidratos e alta proteína que inclui 100 tipos diferentes de proteínas e vegetais. A dieta não restringe a ingestão de alimentos, desde que coma apenas o alimento especificado na lista dos 100 vegetais e proteínas. Os especialistas alertam que essa dieta da moda pode ter implicações sérias para os rins, incluindo um risco aumentado de desenvolver pedras nos rins. Esse risco aumentado se deve à natureza rica em proteínas da dieta que aumenta a excreção de cálcio na urina, tornando a urina mais concentrada. A dieta também reduz o nível de pH da urina, tornando-a um ambiente ideal para a formação de cálculos renais.

Dieta Low Carb

A dieta da proteína, mais conhecida como dieta low carb, é outro exemplo de uma dieta baixa em carboidratos e rica em proteínas que promove uma rápida perda de peso. Infelizmente, a dieta low carb também pode ser problemática para os rins. Muitas organizações médicas e nutricionais alertam contra dietas excessivamente ricas em proteínas, pois esse nível elevado de consumo de proteína pode levar a problemas cardiovasculares, hiperuricemia (relacionada a dores nas articulações e gota) e hipercalciúria (que pode levar a pedras nos rins e osteoporose). Na verdade, um estudo de Harvard descobriu que dietas ricas em proteínas podem causar perda permanente da função renal em qualquer pessoa com função renal reduzida.

Dieta mediterrânea

A dieta mediterrânea consiste em comer alimentos que eram tradicionalmente consumidos na região do Mediterrâneo. A lista de alimentos inclui produtos frescos, legumes, grãos inteiros e gorduras saudáveis. Os especialistas descobriram que uma dieta mediterrânea pode não apenas beneficiar a saúde cardiovascular, mas também ajudar a preservar a função renal. Esta dieta tem um teor de proteína animal muito mais baixo do que a dieta Dukan e Dieta low carb listadas acima, o que coloca menos pressão sobre os rins. A dieta mediterrânea também tem uma quantidade maior de fibras e antioxidantes que podem ajudar a reduzir a inflamação no corpo.

Um profissional pode ajudá-lo a descobrir a dieta mais benéfica para seus rins e sua saúde em geral. Antes de iniciar qualquer tipo de plano alimentar, certifique-se de entrar em contato com um nutricionista para não acabar causando mais danos do que benefícios ao seu corpo. Se você tiver alguma dúvida sobre o efeito que sua dieta tem sobre seus rins, ou sobre a saúde dos seus rins, marque uma consulta com um nefrologista especialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *